Abdominoplastia: Cirurgia Plástica Abdominal 2020 – Quem pode fazer? Pré e pós-operatório

Foto Reprodução: Getty imagens

O abdômen reto sem “pochete” e “pneuzinhos” é desejo da maioria das pessoas. Se você esta cansado de lutar com a barriga pulando pra fora da calça, veja o que preparamos para você entender tudo sobre a abdominoplastia e conquistar a tão sonhada barriguinha chapada.

O que é uma abdominoplastia?

Uma abdominoplastia nivela e firma o abdômen, removendo o excesso de pele e os depósitos de gordura mais difíceis. 

O procedimento também pode reparar músculos abdominais enfraquecidos ou separados. O procedimento é ideal para pacientes que desejam obter um abdômen mais plano e firme, mas têm dificuldade em fazê-lo com esforços de dieta e perda de peso. 

Uma abdominoplastia é frequentemente realizada em mulheres após a gravidez e em pacientes que perderam uma quantidade substancial de peso através de dieta e exercícios ou cirurgia bariátrica.

A abdominoplastia remove a pele solta e pequenos depósitos de gordura no abdômen. O procedimento também pode reparar músculos abdominais danificados ou separados.

Abdominoplastia não é uma ferramenta apropriada para perda de peso, os pacientes que desejam perder uma grande quantidade de peso devem fazê-lo através de dieta e exercício ou cirurgia bariátrica .

Embora a abdominoplastia não corrija as estrias, ela pode remover as que estão presentes na pele a ser retirada, melhorando assim a aparência geral da pele na área abdominal.

Foto: reprodução Getty Imagens

Candidatos a abdominoplastia

Os candidatos ideais para abdominoplastia são aqueles que:

  • Têm excesso de pele abdominal solta com baixa elasticidade;
  • Os músculos abdominais estão danificados ou separados;
  • Estão perto de um peso corporal normal;
  • Não fumem;
  • Não está grávida ou amamentando;
  • Têm boa saúde geral;
  • Tenha expectativas realistas da cirurgia plástica.

Detalhes do procedimento da abdominoplastia

A cirurgia deixa uma cicatriz muito grande?

Para começar, o cirurgião plástico fará uma incisão horizontal que será pequena ou grande dependendo da área a ser corrigida.  

O cirurgião cria a incisão baixa o suficiente para que possa ser ocultada pela linha do biquíni ou roupa íntima. 

O excesso de pele é removido da área e se necessário, os músculos abdominais subjacentes são reunidos e costurados com suturas internas. 

Se houver depósitos indesejados de gordura no abdômen, o cirurgião usará uma técnica de lipoaspiração para removê-los. Feito isso, a pele abdominal será apertada e fechada com suturas externas dissolúveis. O umbigo será movido para alinhar com o abdômen recém-contornado e fechado com uma segunda pequena incisão.

Quantos quilos de gordura a abdominoplastia retira?

 Embora alguns dos benefícios estéticos da abdominoplastia sejam perceptíveis logo após a cirurgia, levará várias semanas para que os resultados finais se tornem visíveis. Uma vez totalmente curado, os pacientes notarão um abdômen mais firme e mais plano.

A abdominoplastia realiza uma redução no volume abdominal, não tendo como objetivo a redução de peso.

A melhor maneira de obter um abdômen mais plano e tonificado através da abdominoplastia é pesquisar por um cirurgião plástico treinado e experiente para obter resultados satisfatórios e com aparência natural.

Quais os tipos de abdominoplastia?

Miniabdominoplastia

Alguns pacientes são candidatos a uma versão menos invasiva do procedimento de abdominoplastia. Uma miniabdominoplastia é ideal para pacientes cuja gordura e pele solta indesejada está localizada apenas no abdome inferior. 

Durante uma miniabdominoplastia, a gordura e a pele são removidas do abdome inferior e a musculatura subjacente é apertada.

Foto reprodução: Getty imagens
Foto: reprodução Getty Imagens

Como uma miniabdominoplastia requer uma incisão mais curta (localizada na parte inferior do abdômen), essa técnica geralmente requer uma recuperação mais curta em comparação com uma abdominoplastia completa.

Lipoabdominoplastia: abdominoplastia+lipoaspiração

O processo consiste em associar a lipoaspiração que remove gordura localizada com a abdominoplastia que reposiciona os músculos e corri a flacidez, removendo de forma mais ampla a gordura localizada.

Esse procedimento é indicado para pessoas que possuem uma camada de gordura mais densa e com critério de remodelação, dessa forma é possível a retirada de gorduras localizadas na barriga, no dorso e na cintura modelando o corpo.

Detalhes na recuperação da abdominoplastia

Pós-cirúrgico

Os pacientes devem se ausentar aproximadamente uma a duas semanas do trabalho e de suas atividades diárias para recuperação da abdominoplastia.

O paciente poderá tomar banho 24horas após a cirurgia, os curativos serão retirados e será iniciado o uso da cinta compressora no mínimo 30 dias  

Geralmente é utilizado dreno na abdominoplastia para evitar o acúmulo de líquidos gerados na recuperação. O dreno costuma ser retirado em duas a três semanas para dar inicio a drenagem linfática.

Efeitos colaterais comuns incluem dor, sensibilidade e dormência. Esses sintomas são temporários e podem ser aliviados com medicamentos prescritos. 

Os pacientes devem descansar bastante e evitar atividades extenuantes, incluindo exercícios, flexões e levantamentos de objetos pesados. 

No entanto, recomenda-se que os pacientes façam pequenas caminhadas pela casa para incentivar a boa circulação e minimizar a chance de desenvolver coágulos sanguíneos.

Os pontos são retirados em média 15 dias após a cirurgia. Normalmente a pontos somente no umbigo para retirada e o restante serão pontos absorvíveis.

Risco da abdominoplastia

Mesmo com cautela podem ocorrer intercorrências na cirurgia de abdominoplastia. Hemorragias, tromboembolismo, infecção e necrose podem ocorrer durante e após a realização da cirurgia. Se o paciente tomar os devidos cuidados antes e depois do procedimento a recuperação será positiva e de forma saudável. Caso haja qualquer sintoma anormal o paciente deve entrar em contato com o cirurgião que realizou o procedimento.

Quem não deve realizar a abdominoplastia?

É recomendada avaliação médica no paciente ante de qualquer procedimento. No caso da abdominoplastia é importante avaliar a situação atual do paciente e as possíveis mudanças futuras, como:

  • Doenças pré-existentes como cardiopatia, diabetes ou hipertensão com níveis elevados ou sem controle;
  • Pessoas que fumam ou fumaram por muito tempo;
  • Doenças autoimunes;
  • Mulheres que planejam engravidar futuramente;
  • Cirurgias previas realizadas na região, principalmente se já houve intervenção cirúrgica no abdômen.

A barriga fica magra para sempre?

A vários fatores que podem alterar o resultado da abdominoplastia, entre eles o ganho de peso excessivo, a falta da prática de atividades físicas e a gravidez. Se o paciente manter um controle alimentar e se exercitar periodicamente é improvável que o resultado seja insatisfatório.

Qual médico pode realizar a abdominoplastia?

O profissional para realizar uma abdominoplastia deve ser especializado, possuir registro no Conselho Federal de Medicina, ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, ter experiência e realizar procedimento cirúrgico em hospital que tenha capacidade para realizar cirurgias plásticas.

Sempre procure resultados e indicações e se possível converse com pessoas que já realizaram cirurgias com o médico.

Fonte: SBCP http://www2.cirurgiaplastica.org.br/

Instagram